Assembleia elege Comissão Eleitoral que vai conduzir processo de sucessão na Diretoria Executiva e Conselho Fiscal do Sinteps

Convocada especialmente para este fim, a assembleia geral ordinária de 10/5/2019 elegeu os membros da Comissão Eleitoral Central (CEC), que organizará o processo de escolha dos trabalhadores que comporão a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal do Sinteps para a gestão 2019-2023.


Caberá à nova direção sindical conduzir as lutas da nossa categoria nos próximos quatro anos. Por isso, é importante que haja uma boa participação dos associados no processo, seja se inscrevendo como candidato ou votando.


Fazem parte da CEC as seguintes companheiras: Luciana Moreira Martins Vieira, da Fatec Piracicaba (presidente), Fernanda Gonçalves Fontes, da ETEC Rubens de Faria e Souza, e Aparecida Romera Loures, da ETEC Lauro Gomes.

 

Calendário eleitoral

O período para registro das chapas é de 17 a 23/5 e a votação está marcada para os dias 25 e 26/6. De 24/5 a 24/6, as chapas inscritas poderão divulgar suas propostas e reflexões à categoria.


Todos serão vencedores se, ao final do processo, a entidade sair fortalecida em seu papel de organizar os trabalhadores das ETECs e FATECs em suas lutas.


Confira a íntegra do calendário:

  • Instauração do pleito – Assembleia Geral Ordinária - 10/05/2019
  • Divulgação – 13 a 23 de maio de 2019
  • Publicação do Regimento Eleitoral - 16/05/2019
  • Inscrições das Chapas – de 17 a 23 de maio de 2019
  • Deferimento das inscrições – 24/05/2019
  • Recursos – 27/05/2019
  • Homologação das Chapas – 28/05/2019
  • Campanha eleitoral - de 24 de maio a 24 de junho
  • 31 de maio – envio das cédulas (por correio) para a residência dos eleitores associados, cuja unidade de filiação conte com até 05 associados
  • Eleições – 25 e 26 de junho
  • Apuração dos votos e divulgação dos resultados – 27/06/2019
  • Recursos – 28/06/2019
  • Proclamação dos resultados – 01/07/2019
  • Posse dos eleitos – 13 de julho

 

Prestação de contas

Como último ponto de pauta, a assembleia do dia 10/5 contou com uma prestação de contas da atual gestão, aprovada pelos presentes, que engloba o período 2015 a 2019. A exposição, feita pela presidente da entidade, Silvia Elena de Lima, mostrou as principais lutas dirigidas pelo Sindicato nestes anos, as conquistas obtidas, as atividades mais expressivas (congressos, seminários, debates, atos e outros) e também as rotineiras, além do saldo financeiro de cada ano. Ela ressaltou que, durante a gestão SINTEPS SEMPRE NA LUTA, as finanças da entidade sempre se mantiveram superavitárias.

Nos anos de 2017 2018, o destaque foi para a participação do Sinteps nos atos nacionais e estaduais em defesa dos trabalhadores, com adesão à greve nacional do dia 28/04/2017, contra a reforma da Previdência, luta que volta com força em 2019.


“As verbas arrecadadas pelo Sinteps foram usadas prioritariamente para campanhas de melhoria das condições de trabalho e salário da categoria, em defesa de mais verbas para o ensino público e em especial para o Ceeteps, na organização sindical, no trabalho de base e no fortalecimento da entidade”, destacou Silvia. Ela ressaltou, também, que toda a execução financeira foi acompanhada por reuniões regulares do Conselho Fiscal, e todo o trabalho político foi discutido e formulado pelo Congresso da Categoria, por Assembleias ou pelo Conselho diretor da entidade.


“A avaliação da Diretoria Executiva é que nossa gestão está sendo desenvolvida com êxito, com conquistas para todos os segmentos da categoria e, apesar dos ataques diários que os trabalhadores têm sofrido, temos lutado por melhores condições de trabalho e salários mais dignos, conquistando em maio de 2019 a criação de uma comissão para revisão da carreira dos trabalhadores do Ceeteps”, frisou a presidente. Silvia encerrou dizendo que “a conjuntura aponta para mais disposição de luta, pois os ataques que vêm na direção dos trabalhadores e da educação são grandes. Acreditamos que juntos, novas conquistas obteremos”.