“Pequeno atlas da tragédia previdenciária brasileira”: Leitura reveladora

O Instituto de Estudos Socioambientais – IESA, da Universidade Federal de Goiás, publicou um material revelador e impactante sobre a realidade da previdência no Brasil. A autoria é de Tadeu Alencar Arrais e Juheina Lacerda Viana.


A partir de números objetivos – valor dos benefícios pagos pelo INSS, quantidade de contribuintes, total de empregados com carteira assinada etc. – a publicação conclui que “nossa desigualdade de renda tem endereço, cor e gênero e, ainda persegue, insistentemente, brasileiros e brasileiras do berço até a aposentadoria”.


Sobre a proposta de reforma do governo Bolsonaro, o texto enfatiza: “A Nova Previdência decreta a morte da expectativada mobilidade social para uma parte significativada população brasileira que, hoje jovem, desiludidacom a política representativa e vivendo de empregosprecários, terceiriza as decisões sobre o seu futuropara políticos que, não raro, foram financiados pelosistema financeiro e pelas corporações interessadasem gerir os bilionários recursos do INSS. Empresasligadas aos deputados federais da atual legislatura,como indicado por reportagem da BBC-News(Brasil, 2019), devem 172 milhões de reais para a Previdência Social”.


Confira a publicação! Em tempos de tiroteio de informações sobre a reforma da Previdência, vale a pena se informar para formar opinião e defender seus direitos!


Clique para conferir a publicação