Nota do Sinteps: Porque mensalidade sindical de janeiro não pôde ser descontada

O Sinteps enviou correspondência aos seus associados para tratar de uma ocorrência em relação à sua mensalidade sindical do mês de janeiro/2019.


Como a maior parte dos trabalhadores do Centro goza suas férias neste período, os vencimentos são antecipados pelo empregador. Com isso, estes trabalhadores tiveram sua folha de pagamento deste início de fevereiro zerada. Como consequência, a mensalidade sindical relativa a janeiro não pôde ser descontada, tornando o associado “inadimplente”.


Esse fato – que não é de responsabilidade do associado e nem do Sinteps – causou um sério abalo na arrecadação do nosso Sindicato, que conta com as mensalidades de seus associados para tocar o trabalho sindical: atendimento jurídico, divulgação de informações, reuniões, visitas às unidades etc.


Para solucionar esse problema, contamos com a compreensão dos nossos associados, para que regularizem o pagamento da mensalidade sindical de janeiro e, com isso, voltem a gozar de todos os serviços oferecidos pelo Sindicato. A regularização pode ser feita por meio de depósito na conta do Sindicato, que é a seguinte:


Sindicato dos Trabalhadores do Ceeteps
Banco do Brasil - Agencia 6819-5 - C/C 100427-1


Obs.: Você pode identificar o depósito ou enviar o comprovante para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., a fim de regularização. 


De sua parte, o Sinteps continuará atuando para cumprir cada vez mais o seu papel de bem representar os trabalhadores do Centro Paula Souza em todas as discussões salariais; defendendo os seus interesses e direitos por meio de processos judiciais e processos administrativos; discutindo e posicionando-se sobre todos os assuntos de interesse da categoria.