No dia 10/11, vamos parar o Ceeteps e engrossar a manifestação do funcionalismo em frente ao Palácio: defesa dos nossos direitos e retirada do PL 920

Uma nova data de mobilização está sendo preparada pelas centrais sindicais, desta vez em âmbito nacional. Trata-se do “Dia Nacional de Luta e Defesa dos Nossos Direitos”, em 10/11, véspera da entrada em vigor da Reforma Trabalhista, quando ocorrerão paralisações e mobilizações em todo o país.


O objetivo é protestar contra a aplicação da Reforma Trabalhista – que acaba com direitos históricos e abre caminho para a terceirização generalizada –, bem como barrar a Reforma da Previdência e todos os ataques do governo Temer e do Congresso Nacional.


No estado de São Paulo, os eixos centrais do funcionalismo são: reajuste salarial, realização de concurso público, retomada das carreiras, defesa do Iamspe e derrubada do “PL da maldade” (o PL 920/2017, enviado por Alckmin à Assembleia Legislativa, e que prevê congelamento de investimentos nas áreas sociais e nas despesas de pessoal!).


O Sinteps propõe que os trabalhadores do Centro participem da paralisação em 10/11. O chamado do Sindicato é para unificar as questões gerais (reformas de Temer e “PL da maldade” de Alckmin) com as reivindicações específicas da categoria, entre elas:

  • Estamos sem reajuste salarial há três anos (a recente equiparação do pessoal técnico-administrativo à Lei 1.080/2008 foi o único e importante avanço neste período) e sem qualquer perspectiva de reajuste salarial para toda categoria, pelo quarto ano seguido.
  • Pessoal técnico-administrativo e auxiliares de docente ainda não tiveram a evolução especial por titulação (concedida aos docentes em julho/2016).
  • O início da implantação da reforma do ensino médio em nossas ETECs, sem qualquer discussão com a comunidade acadêmica, pode trazer demissões e queda drástica na qualidade dos nossos cursos.


Diretores do Sindicato já estão realizando reuniões em unidades em várias partes do estado. No entanto, a base da categoria é muito grande, espalhada em cerca de 300 unidades, e não é possível aos diretores cobri-las em tempo curto.


Se na sua unidade não há diretor de base do Sindicato, discuta com os colegas a importância de aderir. Informe a posição de sua unidade para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Atenção, pessoal de SP e Grande SP

Na capital, haverá um ato conjunto do funcionalismo paulista em frente ao Palácio dos Bandeirantes, por reajuste salarial e retirada do PL 920, às 16h. O ponto de encontro é ao lado do estádio do Morumbi, às 14h.

Para o pessoal do interior, a dica é participar nas atividades locais. Para os que tiverem interesse em ir ao ato da capital, a dica é se inserir nos ônibus da Apeoesp.

 

Clique aqui e confira Boletim do Fórum das Seis, que traz mais detalhes sobre a mobilização do dia 10/11 e outros assuntos:

  • Cobertura da audiência pública sobre o PL 920/2017, realizada em 26/10
  • Leilão do pré-sal a 1 centavo o litro do petróleo
  • Proposta de PEC com cobrança de mensalidades nas universidades públicas