“Ocupa Brasília”, de 15 a 19 de maio, é o próximo passo na luta contra as reformas. Sinteps disponibiliza ônibus

Reunidas em 4/5, as centrais sindicais avaliaram como vitoriosa a greve geral de 28 de abril, contra as nefastas reformas do governo Temer, e apontaram os próximos passos da mobilização.



Estima-se que 35 milhões de trabalhadores pararam durante a greve geral em todo o país. No Centro Paula Souza, a adesão foi muito expressiva, com registro de paralisação parcial ou integral em 71 unidades.


Confira o calendário definido pelas centrais:


Semanas de 8 a 12/5 e 15 a 19/5: Comitiva permanente de dirigentes sindicais no Congresso Nacional. Atividades nas bases das categorias de trabalhadores. Cerco aos deputados e senadores em suas cidades e nos aeroportos.

 

Dia 24 de maio: Dia do “Ocupa Brasília”, com caravanas de todo país, para realizar uma grande manifestação na capital do país.

As centrais sindicais voltam a se reunir na semana de 22 a 26/5 para discutir a preparação de uma nova greve geral, na perspectiva de 48 horas de paralisação nacional.

Obs: A data do “Ocupa Brasília” estava, inicialmente, marcada para a semana de 15 a 19/5, mas mudanças no calendário de votação da Reforma da Previdência no Congresso levaram as Centrais Sindicais a remanejar a data para 24 de maio.

Sinteps presente


Sensível à urgência da mobilização da classe trabalhadora contra os gigantescos ataques contidos nas reformas trabalhista e previdenciária, o Sinteps soma-se aos demais sindicatos e organizações populares e estudantis para fortalecer a jornada “Ocupa Brasília”.


Gostaria de participar? Escreva para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até 17/5 e informe seu nome completo e RG, bem como a sua unidade/cidade. Com as informações sobre o total de interessados e sua distribuição geográfica, o Sindicato organizará a viagem.